ABOOH

Notícias

Será que o e-commerce acaba com os shoppings centers?

Números para lá de interessantes. Notícia muito atual, e que ainda vai sofrer adequações com o passar dos meses. Certamente os shopping centers não irão acabar e nós vamos interagir cada vez mais com os consumidores tanto fisicamente quanto virtualmente. Abaixo o trecho da matéria com o link para leitura na íntegra.

O faturamento do comércio eletrônico superou o dos shoppings devido a maior adesão dos consumidores a esse novo formato de compras, principalmente durante a pandemia.

Com a aceleração das vendas online, esse mercado atingiu R$ 260 bilhões em 2021, valor 2,6 vezes maior do que em 2019 (um avanço de R$ 160 bilhões no período). Enquanto isso, os shoppings venderam R$ 175 bilhões, abaixo dos R$ 190 bilhões de 2019. Ou seja, as lojas tiveram perda de cerca de R$ 35 bilhões para o comércio eletrônico (além de R$ 15 bilhões em receita vinda de cinemas e praças de alimentação).

Os números podem soar desanimadores para o setor, porém segundo a gestora Canuma Capital ( que desenvolveu a pesquisa), os dados não apontam uma tendência de perda de relevância dos shoppings, mas sim para o desafio de solidificar ainda mais a digitalização das vendas.

Vale lembrar da importância das lojas físicas em serem vitrines para os produtores, espaço para se consultar com especialistas ou mesmo experimentar os produtos antes de decidir a compra. E muitas lojas aderirem as vendas online também, o que torna difícil distinguir o que foi vendido online ou offline.

Fonte: Estadão/ economia.estadao.com.br