ABOOH

Notícias

Negócios de digital out of home entram no ambiente residencial

Negócios de digital out of home entram no ambiente residencial – propmark

A Elemidia, líder no segmento digital out of home no Brasil e na América Latina, anunciou, no ano passado, a entrada no ambiente residencial. Inicialmente, o objetivo era instalar as telas em 500 elevadores residenciais até o fim de 2016 e, com isso, crescer 25% no ano. Ainda no primeiro trimestre deste ano, contudo, a empresa apresenta os resultados obtidos com a novidade e fila de espera para o serviço em todo o estado de São Paulo, além de um crescimento maior no período, se comparado ao ano passado – o que deve contribuir para superar a expectativa para o ano.“O ano de 2015 foi muito positivo para a Elemidia. Investimos, crescemos e nos consolidamos. Hoje, estamos presentes em 80% dos edifícios comerciais de São Paulo e esperamos o mesmo sucesso no ambiente residencial”, diz Claudio Ferreira, diretor nacional de publicidade na Elemidia.No novo canal, a empresa oferece comunicação interna para os síndicos e administradoras, além de conteúdo informativo local para os condôminos, atingindo o tomador de decisão em mais um momento da sua jornada – além de ampliar seu alcance para um novo público, o tomador de decisão da família.A Elemidia está presente em mais de 80% dos edifícios comerciais de São Paulo e marca presença também em outros estados, como Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba e Porto Alegre, totalizando mais de 12 mil pontos espalhados pelo Brasil, além de Buenos Aires, na Argentina.

Pesquisa
Uma nova pesquisa do Datafolha revela que a Elemidia possui 96% de atenção do público – em 2014, esse número, também segundo o Datafolha, era de 94%. A pesquisa revela ainda que 97% dos entrevistados consideram o conteúdo da Elemidia útil, 91% afirmam que é um meio de comunicação inovador e 89% dizem que as telas trazem informações confiáveis. Além disso, cerca de quatro em cada dez entrevistados lembram de propagandas exibidas nos monitores da Elemidia.

elevador

 

Os comentários estão fechados.